A Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária do Rio Grande do Norte (Abraço Potiguar) convoca os representantes das entidades filiadas para a Assembléia Geral Ordinária, que será realizada no auditório do SEBRAE/RN, na Rua Rui Barbosa , N° 1 Centro – Mossoró/RN. No encontro serão debatidos e deliberados os assuntos:  Eleição da Diretoria Executiva,  Eleição das Coordenações Regionais, Eleição da Coordenação Estadual, Eleição do Conselho Fiscal, Eleição do Conselho de Ética, prestação de conta do exrcício 2013 e informes e avaliações.

Servidores da saúde pública do Rio Grande do Norte anunciam que irão realizar, na manhã desta quarta-feira (19), um ato público para marcar o início da greve da categoria. A partir das 9h, haverá uma concentração no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal, onde caravanas do interior e servidores dos hospitais da capital pretendem se concentrar para dar início à manifestação, que deve seguir até a Governadoria, no Centro Administrativo do Estado.

Segundo o Sindicato dos Servidores da Saúde do RN (Sindsaúde-RN), a greve é uma resposta “diante da quebra do acordo da greve de 2013 e da piora das condições de trabalho e aumento da sobrecarga nos hospitais”

“Há quatro meses estamos esperando o envio do Projeto de Lei para a Assembleia Legislativa, com a tabela do nosso plano de cargos, sem respostas”, afirma Simone Dutra, coordenadora-geral do sindicato.

Além da aprovação do projeto e de sua implantação nos prazos acordados, a campanha salarial cobra a redução da sobrecarga de trabalho e do déficit de profissionais, que segundo a categoria chega a 2 mil servidores nos hospitais do estado. O maior deles, o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal, “necessita de 256 técnicos de enfermagem, para completar o quadro”, diz o Sindsaúde.

A pauta de 2014 exige ainda o não fechamento dos hospitais do interior, reajuste salarial de 12%, implantação da tabela de qualificação, garantia dos direitos dos municipalizados, entre outras reivindicações.


A partir desta quarta, o sindicato afirma que serão mantidos apenas o percentual mínimo nos serviços, respeitando a legislação de greve. Na quinta-feira (20), os servidores anunciam que irão até a Assembleia Legislativa para cobrar o envio e a aprovação urgente do Projeto de Lei. No mesmo dia, às 15h30, é esperada uma audiência com o secretário de Saúde, Luiz Roberto Leite Fonseca, onde devem ser discutidos os pontos de pauta que dizem respeito apenas à Secretaria de Saúde (Sesap).

O Partido SOLIDARIEDADE no Rio Grande vai promover, nesta segunda-feira, 17 de março, o seu primeiro encontro estadual, reunindo filiados de todas as regiões do Rio Grande do Norte.

O evento contará com a presença do presidente nacional do partido, deputado federal por São Paulo, Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força Sindical; além do presidente estadual da legenda, deputado Kelps Lima, e dezenas de vereadores, vice-prefeitos, e dirigentes do partido em mais de 80 municípios do RN.

Também são esperados no Encontro do SOLIDARIEDADE o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves, e da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ricardo Motta.

O evento começa as 10h, no Hotel Parque da Costeira, na Via Costeira, em Natal.

Informações pelo (84) 9904-9683

O município de Viçosa, localizado no Alto Oeste Potiguar, vai sediar o 3° Encontro Regional da Associação Norte Rio-grandense de Rádios Comunitárias (Abraço Potiguar) no dia 29 de março de 2014 na sede da Associação Comunitária para o Desenvolvimento de Viçosa (ACDV), localizada à Rua Antônio Pinto, Centro.

Secretário Geral da Abraço Potiguar, Ugmar Nogueira explica que o objetivo do encontro é unificar a luta das rádios comunitárias por sobrevivência e sustentabilidade das instituições que as mantém. “Durante o encontro, são repassadas informações diversas a cerca do serviço de radiodifusão comunitária no RN e no Brasil”, adianta Ugmar.

Além de Ugmar Nogueira, o Encontro Regional de Viçosa vai contar com a participação dos seguintes diretores da Abraço Potiguar: Hugo Tavres (Coordenador Executivo), Castelo Morais (Coordenador Regional do Oeste) e Fátima Cruz (Secretária de Formação e Cultura).

A expectativa é que 20 rádios comunitárias da região de Pau dos Ferros participem do encontro. “Entre as ações, haverá espaço para que os diretores façam um relato da atuação das emissoras em suas localidades”, observou Hugo Tavares, acrescentando que o encontro é também o momento para que as emissoras conheçam o trabalho da Abraço Potiguar e possam se filiar para reforçar a luta estadual e nacional.

Os dois primeiros encontros regionais da Abraço Potiguar foram realizadas nas regiões Seridó, em Acari, e Oeste, em Mossoró.

A Abraço Potiguar

Presente em 24 municípios do Estado do Rio Grande do Norte, a Abraço Potiguar foi fundada em 09 de Abril de 2011 e é uma organização que luta contra o oligopólio dos meios de comunicação no Rio Grande do Norte e no Brasil.

Informações sobre o encontro com:
Castelo Morais – 9949-4321
Gil – Serrinha dos Pintos – 9655-8666
Hugo Tavares – 9460-1646

Coordenação de Comunicação
Fátima Dantas Mossoró.

Acesse www.abracopotiguar.com
Twitter.com/ abracopotiguar.com


O deputado Kelps Lima disse hoje que a Assembleia Legislativa tem obrigação de fiscalizar rigidamente a atuação do novo secretário de Segurança para ver se a intenção do Governo Federal é apenas proteger a imagem da presidenta Dilma na Copa do Mundo, resguardando apenas no entorno da Arena das Dunas e esquecendo o resto da população e os municípios do interior. 

Para Kelps, ficou claro que, da forma como foi conduzida a troca de secretários de segurança, aconteceu uma intervenção do Ministério da Justiça no Rio Grande do Norte, com a preocupação de que a falta de Segurança e os protestos durante os quatro jogos do mundial de futebol não maculem a imagem do Governo Federal.

"O nosso temor é que o Governo Federal esteja mirando apenas o entorno da Copa, a área turística, e esteja esquecendo o restante do Estado: as periferias, os municípios mais distantes e o setor da população que está padecendo com assassinatos, estupros, roubos e desassossego de toda à sorte", reclama o deputado.

A Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN) registrou chuvas em quase todas as regiões do Estado das 7h de ontem (10) às 7h de hoje (11). Há ocorrência de chuvas em 66 postos (pluviômetros), com maior intensidade na região Oeste. 
Em Tibau choveu 47 milímetros; em José da Penha,  40 mm; em Luis Gomes, 38 mm.  Foram registradas boas chuvas ainda em Rafael Fernandes (34,2 mm); Encanto e Serrinha Dos Pintos (27 mm); Portalegre (25,1 mm); Dr. Severiano (25 mm); Frutuoso Gomes (22 mm) e Pau Dos Ferros (20 mm).  Fora da região Oeste, foram registradas boas chuvas em Angicos (21,8 mm), na região Central, e em Santo Antonio (23 mm), na região Agreste.
Ainda segundo os dados da Gerência de Meteorologia da EMPARN, na região Oeste muitos postos pluviométricos apresentam um bom acumulado de chuvas neste início de março, com precipitação acima de 50 mm, com destaque para Portalegre, com 95mm; Marcelino Vieira e Martins, com 86 mm; Serrinha dos Pintos, com 81 mm; Riacho de Santana, com 78,5 mm; e Luiz Gomes, com 76,3 mm.

Carne de jumento no cardápio dos detentos do sistema penitenciário do Rio Grande do Norte. É o que propõe o promotor Sílvio Ricardo Brito, da 2ª Promotoria de Apodi, cidade do Oeste do estado, para dar uma destinação aos cerca de 600 animais apreendidos nas estradas federais que passam pela região. A proposta será pauta de um almoço marcado para a próxima quinta-feira (13), oportunidade na qual autoridades convidadas experimentarão pratos com carne de jumento. "Vão comer e saber que é uma alimentação saudável", diz o promotor.

Sílvio Brito explicou ao G1 que a ideia surgiu após reuniões com professores do curso de Veterinária da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa). "Chegamos à conclusão que uma das soluções para a questão dos animais apreendidos é estimular o consumo da carne de jumento. Os veterinários atestaram que o alimento é próprio para o consumo humano. Não é consumido por uma questão cultural. Queremos quebrar essa barreira", conta.

A ideia de inserir a carne no cardápio do sistema penitenciário será colocada após o primeiro momento de degustação. "Dependendo da receptividade quem sabe depois podemos expandir para a merenda escolar e nos hospitais", propõe Brito. Estão convidados para o almoço prefeitos, vereadores, promotores, juízes, representantes da comunidade e diretores de unidades prisionais de Caicó, na região Seridó, além de Pau dos Ferros, Mossoró e Apodi, na região Oeste.



O promotor acrescenta que tudo começou em uma audiencia pública realizada no ano passado para tratar a questão dos animais nas estradas. A partir de um trabalho com as polícias rodoviárias federal e estadual formou-se uma entidade que recolheu até o momento 600 animais nas rodovias. Os bichos ficam alojados em uma fazenda da Associação de Proteção de Animais de Apodi.

"Destinamos mais de R$ 30 mil em prestações pecuniárias de condenações judiciais para comprar medicamentos, alimentos e montar a infraestrutura das unidades, mas o custo tem cada vez mais aumentado. Daqui para o meio do ano a estimativa é que estejam alojados mil jumentos e no fim do ano dois mil animais", conclui o promotor.